Fátima Toledo: preparadora de elenco

December 6, 2017

 A brasileira Fátima Toledo preparou atores na Colômbia para o filme "La Tierra y La Sombra".

 

Fátima Toledo só pode ser aplaudida de pé. É uma mulher forte, determinada, resoluta e empreendedora, que criou um método inovador de preparação de atores que tem sido aplicado com sucesso em mais de 40 filmes por mais de três décadas. Seu trabalho tem sido reconhecido internacionalmente por sua participação em produções como Cidade de Deus, de 2002, e Central do Brasil, de 1998, nomeadas para o Oscar em categorias diferentes.

 

Toledo começou quase por acaso, quando o diretor de cinema argentino-brasileiro Héctor Babenco procurava atores naturais para seu filme Pixote - A Lei do Mais Fraco, de 1981, uma história arrepiante sobre crianças de rua em São Paulo, nomeado para o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e para o Film Critics Circle of New York na mesma categoria em 1981.

 

"Eu não tinha conhecimento dessa função que iria desempenhar quando Babenco visitou a Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor, Febem, e viu me dando aulas para crianças como voluntária. Ele me convidou, e aí começou meu encontro com o método de preparação de atores", diz Fátima para LEITURAS.

 

Mas o caminho não foi fácil. Depois de Pixote, Fátima passou 10 anos trabalhando em um banco, já que sua profissão de preparadora de atores não era reconhecida no Brasil e ela ainda tinha que ganhar a vida. Voltou para o cinema em 1991 com Brincando nos Campos do Senhor, filme também dirigido por Babenco. Ela trabalhou com um elenco composto por índios e o filme ganhou o Globo de Ouro em 1991. "O trabalho foi tranqüilo. Eu só tinha que ter cuidado para organizar de acordo com a história e cultura do povo ", afirma.

 

O método que ela criou foi reforçado e hoje Fátima é considerada "a preparadora de elenco mais importantes do Brasil e ícone no âmbito cinematográfico internacional", diz Jorge Forero, diretor da Burning Blue, que produziu o filme colombiano A Terra e a Sombra, cujo elenco foi preparado por Fátima no Valle del Cauca.

 

Ela tem uma fama de ser difícil e muito exigente. O seu trabalho consiste em tirar do ator todo o potencial para viver o personagem da maneira mais verdadeira possível. Quem conhece, diz que não é um exercício fácil e que, ocasionalmente, as sessões de preparação ministradas por Fátima são emocionalmente difíceis e até mesmo cruéis.

 

Hoje, ela não só prepara atores no Studio Fátima Toledo, em São Paulo, mas também viaja pelo mundo fazendo isso pessoalmente, como fez recentemente no Vale com o elenco do filme dirigido pelo colombiano César Acevedo. Ele é co-produzido pela Burning Blue (Colômbia) com Topkapi (Holanda), Cine Sud Promotion (França) e Preta Porte Filmes (Brasil) e conta a história "de Alfonso, um velho camponês que volta para casa que ele deixou após 17 anos, já que o seu único filho está doente. Ao retornar, ele deve cuidar dele enquanto sua ex-esposa e filha trabalham em uma plantação de açúcar para sustentar a casa. O sentimento de culpa levará Alfonso a fazer tudo o que estiver em suas mãos para fazer as pazes com sua família e recuperar o que sobrevive de seu passado ", diz Forero.

 

Fátima preparou, durante um mês, o elenco do filme que conta com os atores Hilda Ruiz, Haimer Leal, Marleyda Soto, Edison Raigosa e José Felipe Cárdenas. Depois, ela deu um workshop na Universidade Jorge Tadeo Lozano sobre o que faz como uma inovadora preparadora de atores.

Mas Fátima não está sozinha. Atualmente, ela tem capacitado preparadores em sua escola, que foram treinados em cursos e estágios. "Em média, leva cerca de 2 anos", diz. Ela explica que em cada projeto, dependendo do filme e do elenco, gasta um mínimo de 4 semanas para preparar os atores. "Para não correr riscos, meu assistente participa da seleção final, mas, pessoalmente, eu sempre me sinto melhor quando é a minha equipe que, sob a estrutura do método de preparação, faz o casting."

 

Qual é o segredo do seu sucesso, tijolo construído por tijolo? "Paixão pelo que eu faço e observação cuidadosa do ser humano".

 

 

Confira o trailer: 

 

 (Tradução de notícia publicada no jornal colombiano El Tiempo)

Fonte

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

RODRIGO CANDELOT FALA SOBRE “ÉDIPO E O REI, UM ACIDENTE MITOLÓGICO”

June 1, 2018

1/6
Please reload

Posts Recentes